Pesquisar no blog

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

ENERGIA SOLAR

De uma técnica considera futurística, para uma necessidade fundamental para a sobrevivência sustentável do planeta. Esta foi a evolução da energia solar fotovoltaica. Estamos no tal futuro, e não é mais possível imaginar o planeta sem uma tecnologia que permita gerar uma energia elétrica limpa e sustentável. A energia solar é uma boa opção na busca por alternativas menos agressivas ao meio ambiente, pois consiste numa fonte energética renovável e limpa (não emite poluente).



Caminhamos para vivenciar o boom da energia solar fotovoltaica. Diversos projetos já estão em desenvolvimento no mundo todo, conquistando a aderência de várias pessoas, seja para uso em residências ou empresas. Muito vem sendo discutido sobre as necessidades para a energia solar fotovoltaica ganhar mais espaço, mas as vantagens econômicas e os benefícios que proporciona ao meio ambiente são premissas que não deixam mais essa tecnologia ser colocada de lado.  O Sol é fonte de energia renovável, e o seu aproveitamento tanto como fonte de calor quanto de luz, é uma das alternativas energéticas mais promissoras e emergente. A energia do sol é gratuita e não compromete o meio ambiente, por ser natural é considerada uma fonte de energia limpa. 
Uma das principais características de nossa sociedade é o aumento cada vez maior da demanda por abastecimento energético. A energia solar, como o próprio nome diz, é a energia gerada pelo Sol, é uma fonte de aproveitamento inesgotável na escala terrestre de tempo; tanto como fonte de calor quanto de luz. É a partir da energia do Sol que se dá a evaporação, origem do ciclo das águas, que possibilita o represamento e a consequente geração de eletricidade (hidroeletricidade). A radiação solar também possibilita a circulação atmosférica em larga escala, causando os ventos.
Sem sombra de dúvida a energia solar é uma das alternativas energéticas mais promissoras do novo milênio. A energia solar é importante na preservação do meio ambiente, pois tem muitas vantagens sobre outras fontes de energia.
A energia solar é a energia produzida pelo Sol e é convertida em energia útil por seres humanos, quer para a produção de eletricidade ou de calor algo (como as suas principais aplicações). Anualmente, o Sol produz 4 milhões de vezes mais energia do que consumimos, seu potencial é ilimitado. Para se ter uma ideia, em apenas um segundo o sol produz mais energia (internamente) que toda energia usada pela humanidade desde o começo dos tempos. Outra forma de se exprimir esta imensa grandeza energética, basta dizer que a energia que a terra recebe por ano vinda do sol, representa mais que 15000 vezes o consumo mundial anual de energéticos.
No mundo contemporâneo onde a demanda energética aumentou consideravelmente para atender as necessidades da vida moderna, hoje estimada em mais de sete bilhões de pessoas, o homem tem se voltado para a natureza buscando nos seus elementos as alternativas energéticas capazes de lhe proporcionar a energia de que tanto necessita para a manutenção de um nível de vida confortável. Fontes de energia como a hidrelétrica, nuclear, termelétrica, dentre outras, atualmente vem sendo mais escolhida por diversos motivos. Porém os problemas causados por tais escolhas atingem a todos. Essas fontes de energia são extremamente poluentes; alteram o meio ambiente, aumenta o aquecimento global, modificam os lugares onde são produzidas, etc.
A energia solar é importante na preservação do meio ambiente, pois tem muitas vantagens sobre outras fontes de energia, como não ser poluente, não contribuir para o efeito estufa, não precisar geradores para a produção de energia elétrica, porém tem como desvantagem a exigência de altos investimentos para o seu aproveitamento. Frente a esta realidade, seria irracional não buscar e aproveitar esta fonte de energia limpa, inesgotável e gratuita. 
Considerando que a energia solar está disponível de forma absolutamente gratuita, pergunta-se por que é seu aproveitamento ainda é tão limitado? O problema é que a energia solar apresenta-se sob a forma disseminada e a sua captação, pelo menos para potências elevadas, requer instalações complexas e dispendiosas. O aproveitamento da energia solar poderá em teoria e a longo prazo tornar-se como a grande solução para todos os problemas energéticos da nossa sociedade, apesar de todas as vantagens aparentes possui também desvantagens no decorrer do seu aproveitamento.

VANTAGENS DA ENERGIA SOLAR
  • A energia solar não polui durante seu uso. A poluição decorrente da fabricação dos equipamentos necessários para a construção dos painéis solares é totalmente controlável utilizando as formas de controlo existentes atualmente. 
  • As centrais necessitam de manutenção mínima.
  • Os painéis solares são a cada dia mais potentes ao mesmo tempo que seu custo vem decaindo. Isso torna cada vez mais a energia solar uma solução economicamente viável. 
  • A energia solar é excelente em lugares remotos ou de difícil acesso, pois sua instalação em pequena escala não obriga a enormes investimentos em linhas de transmissão.
  • Em países tropicais, como o Brasil, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território, e, em locais longe dos centros de produção energética sua utilização ajuda a diminuir a procura energética nestes e consequentemente a perda de energia que ocorreria na transmissão.

DESVANTAGENS DA ENERGIA SOLAR
  • Existe variação nas quantidades produzidas de acordo com a situação climatérica (chuvas, neve), além de que durante a noite não existe produção alguma, o que obriga a que existam meios de armazenamento da energia produzida durante o dia em locais onde os painéis solares não estejam ligados à rede de transmissão de energia.
  • Locais em latitudes médias e altas (Ex: Finlândia, Islândia, Nova Zelândia e Sul da Argentina e Chile) sofrem quedas bruscas de produção durante os meses de Inverno devido à menor disponibilidade diária de energia solar. Locais com frequente cobertura de nuvens (Londres), tendem a ter variações diárias de produção de acordo com o grau de nebulosidade.
  • As formas de armazenamento da energia solar são pouco eficientes quando comparadas por exemplo aos combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás), e a energia hidroelétrica (água).

Referências Bibliográficas
https://www.portal-energia.com
http://www.webartigos.com/
http://www.mma.gov.br
https://www.embrapa.br/agroenergia
http://www.greenpeace.org/brasil
Postar um comentário